A queda de Lúcifer (I)

O QUE DETONOU FINALMENTE A SUA REBELIÃO?

Lúcifer : Quando percebi que Deus estava para criar alguém semelhante a Ele e, por conseqüência, superior a mim, não consegui aceitar o fato. Manifestei então os verdadeiros propósitos do meu coração.

[Isaías 14:12-15]

Abaixo a transcrição da Bíblia Ave Maria, Livro de Isaías, capítulo XIV, versículos 12 a 15:

Então! Caíste dos céus, astro brilhante, filho da aurora! Então! Foste abatido por terra, tu que prostravas as nações!

Tu dizias: Escalarei os céus e erigirei meu trono acima das estrelas. Assentar-me-ei no monte da assembléia, no extremo norte.

Subirei sobre as nuvens mais altas e me tornarei igual ao Altíssimo.

E, entretanto, eis que foste precipitado à morada dos mortos, ao mais profundo abismo.

A seguir a Vulgata Latina, Liber Isaiae, caput XIV, versibus XII ad XV:

quomodo cecidisti de cælo lucifer qui mane oriebaris corruisti in terram qui vulnerabas gentes

qui dicebas in corde tuo in cælum conscendam super astra Dei exaltabo solium meum sedebo in monte testamenti in lateribus aquilonis

ascendam super altitudinem nubium ero similis Altissimo

verumtamen ad infernum detraheris in profundum laci

 

fonte: recebi por e-mail um texto com várias passagens que vou transcrever aqui, porém não tem referência ao autor.

obs.: As referências à Bíblia Ave Maria e Vulgata Latina foram inseridas por mim.

Anúncios
Esse post foi publicado em catolicismo e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s