A ação do lixo marxista cultural (politicamente correto) assim se manifesta no Brasil

Sem a destruição da Família por um lado, interrompendo o fluxo de valores da cultura religiosa entre gerações, e a imposição de novos valores da religião política através da comunicação de massa e também da ação política (caso do STF, ao reconhecer a união de pares homossexuais) por outro lado, não é possível atingir o nível de pessimismo e alienação necessários para inflamar o ódio latente em toda manifestação do Mal, e assim permitir a explosão da revolução no Ocidente.

Notem que não é uma simples questão de garantir supostos direitos a uma minoria. Não! É apenas uma maneira de usar uma minoria como pretexto para uma explosão de ódio da maioria. Assim é possível atribuir à cultura religiosa dessa maioria um status de cultura de ódio e, portanto, usar o estado para tentar aniquilar tal manifestação cultural, no caso o Cristianismo; deixando de ser uma manifestação pública, para fazer com que se manifeste apenas no ambiente privado. Como manifestação pública restaria a religião política do estado, imposta, no caso, por imorais magistrados do STF.

Publicado originalmente em Notas do Facebook, 07 V 2011.

Anúncios
Esse post foi publicado em atualidade, frentes minoritárias, gayzismo, marxismo cultural, pensamento próprio, realidade, revolução. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s